Um sonho que alimenta gerações

Porque a Padaria Saloia surgiu muito antes da abertura em Sintra.

O Início

Há muitos anos, as pessoas da região saloia tinham o hábito de cozer o pão nos fornos a lenha que estavam presentes na maioria das casas. A nossa família não era exceção e, apesar de viver da agricultura, no início da década de 1970 começou aquilo que hoje chamamos de Padaria Saloia. 

O tempo passou, os conhecimentos sobre esta arte fermentaram e o que antes era uma garantia de que não faltava pão em casa passou a ser uma tradição de família. 

De Geração em Geração

A qualidade do pão garantiu que as oportunidades não tardassem a aparecer: a entrada da Nossa Senhora do Cabo em Sintra (1979) deu início a uma série de eventos que fizeram com que a nossa família se dedicasse profissionalmente ao fabrico artesanal do Pão Saloio e do Pão com Chouriço.

Aos eventos, juntámos os mercados semanais e, naturalmente, o fabrico artesanal do pão passou a ser um saber passado de geração em geração dentro da nossa família.

A história poderia ficar por aqui mas, se assim fosse, não teria sido possível cumprir o sonho da geração que iniciou a Padaria Saloia.

De regresso a Sintra

Assim sendo, 42 anos depois, surgiu a oportunidade de regressar à Vila de Sintra, a vila que assistiu aos nossos primórdios, a vila que merece ter em si um pouco do que de melhor se produz na Região Saloia. 

Voltamos a Sintra para levar até si um pouco da nossa história através da tradição que se mantém em cada pão. Cumprimos assim um sonho antigo: abrir uma loja em Sintra. Podemos, apenas, fazer uma promessa. Mude a localização ou a geração iremos sempre manter a tradição que envolve o nosso pão. Agora voltaremos a sonhar para que, um dia, a próxima geração possa cumprir o sonho da atual.

Costuma-se dizer que não devemos voltar a um sítio onde já fomos felizes, mas nós… nós não acreditamos nisso!